Skip to Content

More reviews by artbetting.net
BIG Them
category

Categoria: Mercado

Página com informações sobre o mercado de Turismo

post

Jovens praticam parkour em frente a pirâmide para divulgar turismo egípcio

Saltar e fazer manobras no ar em frente a uma das Pirâmides de Gizé é a forma que um grupo de jovens egípcios resolveu divulgar o turismo em seu país.

Grupo de parkour em frente a pirâmide (Foto: Amr Abdallah Dalsh/Reuters)
Grupo de parkour em frente a pirâmide (Foto: Amr Abdallah Dalsh/Reuters)

Eles são membros de um grupo de parkour, atividade em que os praticantes se movimentam, correm e dão saltos usando obstáculos naturais e construções.

Os jovens, que têm menos de 18 anos, fizeram manobras em frente à pirâmide de Khufu, a maior das Grandes Pirâmides de Gizé, nos arredores do Cairo, para promover o turismo no país neste fim de ano.

A arrecadação do Egito com turismo subiu 112% no terceiro quadrimestre de 2014 e atingiu US$ 2 bilhões, o que sugere uma recuperação em relação ao ano passado, que foi especialmente ruim para o país.

Fonte: http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2014/12/jovens-praticam-parkour-em-frente-piramide-para-divulgar-turismo-egipcio.html

300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
810-403
200-120
400-101
MB2-707
300-101
210-260
300-208
MB2-707
810-403
200-120
400-101
300-320
350-018
300-101
810-403
200-120
400-101
CISSP
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
100-101
1Z0-803
200-120
210-260
200-310
SY0-401
810-403
300-320
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
810-403
300-320
210-060
810-403
300-320
210-060
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
NSE4
EX200
300-115
100-101
ADM-201
N10-006
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
200-120
210-260
200-310
SY0-401
810-403
300-320
400-101
70-533
MB2-707
210-060
400-201
350-018
ADM-201
CISSP
1Z0-060
400-051
300-075
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
70-483
70-463
MB2-704
100-101
9L0-012
642-999
300-115
MB5-705
70-461
1V0-601
810-403
200-120
400-101
CISSP
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
100-101
1Z0-803
9L0-012
200-310
EX300
ICBB
1Z0-808
AWS-SYSOPS
1Z0-434
300-070
CAS-002
352-001
1V0-601
220-801
N10-006
642-999
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
200-120
400-101
CISSP
210-060
400-201
350-018
ADM-201
CISSP
1Z0-060
400-051
300-075
MB2-704
100-101
9L0-012
642-999
post

Rio de Janeiro atrai cada vez mais o turismo de negócios e desbanca SP

Segundo uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com a Embratur,a cidade que tem uma concentração maior na área de turismo de negócios é o Rio de Janeiro, que atraiu 33,2% dos executivos que passaram pelo país entre março a agosto. O dado contraria a falsa ideia de que a capital paulista concentra o turismo de negócios, principal atrativo de São Paulo quando o assunto é o mercado de turismo e lazer, mas que hospedou apenas 16,7% dos turistas de negócios no mesmo período.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), Edmar Bull, os dados refletem a tendência de que os executivos buscam associar o ambiente de negócios com o lazer, o que faz do Rio de Janeiro a “porta de entrada” para o Brasil. “Entre ir para São Paulo ou para o Rio, com praias e várias outras atrações, vale muito mais a pena para estes executivos a segunda opção”, explicou Bull.

Ainda se baseando com a pesquisa, para 64,6% dos entrevistados o fato de um evento ter sido realizado no Brasil induziu positivamente na decisão de participar dele, o que revela um favoritismo do país como ambiente de negócios associado ao lazer. “O Brasil está com uma visibilidade melhor e por isso está sediando mais eventos e com um turismo de negócios optando cada vez mais pelo país”, destacou o executivo.

A pesquisa mostra também que o período de permanência destes turistas vai além do tempo médio de duração dos eventos, que é de cerca de três dias, com sete pernoites por pessoa em média. Segundo a analise feita pelo presidente da Abracorp “Existe uma tendência de que estes executivos busquem conciliar a agenda de negócios com a de lazer. Tanto é que o turista de negócios não está mais ficando apenas dois ou três dias no Brasil, mas chegando a até sete dias”.

Em relação à maior participação do Rio de Janeiro no mercado de turismo de negócios, o executivo avalia que a tendência é de que haja “uma pequena mudança” futuramente, já que o número de habitações na capital paulista é maior que no Rio, o que tornaria mais fácil a organização destes eventos corporativos. “Com certeza é mais fácil organizar um evento em São Paulo. Nós temos mais de 500 eventos por dia na cidade e você não vê esses eventos porque nós estamos preparados para isso”, ressaltou Bull.

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2014-10-08/rio-de-janeiro-atrai-cada-vez-mais-o-turismo-de-negocios-e-desbanca-sp.html

300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
810-403
200-120
400-101
MB2-707
300-101
210-260
300-208
MB2-707
810-403
200-120
400-101
300-320
350-018
300-101
810-403
200-120
400-101
CISSP
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
100-101
1Z0-803
200-120
210-260
200-310
SY0-401
810-403
300-320
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
810-403
300-320
210-060
810-403
300-320
210-060
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
NSE4
EX200
300-115
100-101
ADM-201
N10-006
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
200-120
210-260
200-310
SY0-401
810-403
300-320
400-101
70-533
MB2-707
210-060
400-201
350-018
ADM-201
CISSP
1Z0-060
400-051
300-075
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
70-483
70-463
MB2-704
100-101
9L0-012
642-999
300-115
MB5-705
70-461
1V0-601
810-403
200-120
400-101
CISSP
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
300-320
350-018
300-101
210-260
300-208
MB2-707
400-201
SY0-401
70-462
EX200
100-101
1Z0-803
9L0-012
200-310
EX300
ICBB
1Z0-808
AWS-SYSOPS
1Z0-434
300-070
CAS-002
352-001
1V0-601
220-801
N10-006
642-999
200-120
CISSP
400-101
810-403
300-320
210-060
300-070
210-260
300-075
300-101
200-120
400-101
CISSP
210-060
400-201
350-018
ADM-201
CISSP
1Z0-060
400-051
300-075
MB2-704
100-101
9L0-012
642-999
post

FACHA fecha parcerias para as Olimpíadas Rio 2016

Os próximos Jogos Olímpicos acontecerão no segundo semestre de 2016, na cidade do Rio de Janeiro; em edição inédita na América do Sul. Contará com mais de 200 países participantes e cerca de 12.500 atletas serão esperados para a competição, que terá o Maracanã como local de abertura e encerramento dos jogos.

Rio 2016

Além de melhorar a infraestrutura, segurança, transporte, despoluição das águas, extensão de linhas do metrô, instalações esportivas e aeroportuárias que ficarão como legado a cidade, este grande evento trará boas oportunidades para os setores de hotelaria e turismo, tais como: diversas funções em hotéis, estágios, guias, intérpretes, postos de informações ao turista etc. Para quem almeja seguir carreira neste ramo, é um momento bastante interessante de se inserir no mercado de trabalho.

Outras vantagens que as Olimpíadas vêem trazendo são os investimentos em educação e esporte. Dentre as principais mudanças estão as reformas nas escolas, principalmente em regiões pobres e a inclusão de um idioma estrangeiro no currículo escolar. No esporte, os alunos de rede pública serão estimulados a prática de diversas modalidades podendo posteriormente ser revelados como novos talentos.

O principal objetivo é fazer com que estes jovens estudantes estejam preparados para as boas vagas que surgirão no mercado de trabalho, aproveitando este período que está super aquecido e concorrido.

No mês de outubro de 2104 houve uma palestra no auditório da FACHA sobre a Tamoyo Internacional, empresa de serviços de viagens, com mais de 25 anos de experiência no mercado de luxo e eventos em larga escala; que tem como lema saudar a oportunidade de apresentar aos visitantes Soluções em Hospitalidade Esportiva; que teve como objetivo explicar o seu funcionamento, promoção de estágios e trabalhos remunerados no período das olimpíadas no Brasil.

Além da Tamoyo, a FACHA também fechou uma parceira com a Olympic Broadcasting Service (OBS), a emissora oficial dos Jogos Olímpicos de 2016. O trabalho é remunerado e todos os estudantes que falam inglês podem participar do processo de seleção. Para mais informações entrem em contato através do site da FACHA.

Rio 2016 Rio 2016 - Tamoyo

Contudo, eventos de tamanha importância e grandiosidade como as Olimpíadas precisam ser assistidos de perto; investimento, planejamento e infraestrutura são ferramentas fundamentais para a realização bem sucedida em uma cidade como o Rio de Janeiro que se conseguir obter bons resultados deixará melhorias que trarão benefícios aos locais e mais estrutura urbana aos turistas que irão visitar o nosso estado, é certo também que receberemos um número maior de visitantes no futuro.

O turismo no Brasil é um setor crescente e tem grande potencial para se tornar um dos maiores destinos turísticos do mundo, é também fundamental para a economia de várias regiões do país. Por isso, os jogos se tornam uma vitrine para o Brasil, a grande chance de mostrar ao mundo que é capaz de sediar eventos mundiais de grande porte.

 

Por Joice Dias, aluna do curso de turismo da FACHA.

post

Brasil está entre os destinos de investimentos em hotelaria

 

O Brasil participou da conferência internacional no Equador e assume papel de destaque em função do grande número de empreendimentos em construção e opções para quem deseja investir. Foi destaque na Conferência Sul-americana de Investimentos em Turismo e Hotelaria (SAHIC), realizada durante os dias 15 e 16 de setembro em Quito, no Equador. A grande importância continental do país, o potencial do mercado consumidor e a atratividade de alguns destinos brasileiros colocam o país como um dos principais países para os investidores do setor.

Os investidores apostaram em hotéis midscale, acomodações de conforto médio devido o crescimento da classe média no continente sul-americano, em especial Chile, Colômbia, México, Brasil e Peru. Em uma das conferências realizadas no encontro, David Berg, chefe de operações da Carlson, uma das maiores empresas hoteleiras do mundo, com cerca de 1.350 hotéis em 105 países, disse que tem encontrado grande sucesso no Brasil, com parcerias locais.

Já o presidente da SAHIC, Arturo Garcia Rosa, afirmou que 44% dos novos projetos em andamento na América do Sul estão sendo realizados por empresas de médio porte. Ele reforçou, ainda, que a região tem enormes recursos naturais e que a indústria da hospitalidade tem muito interesse em proteger essa diversidade para manter o turismo como um setor econômico forte.

O diretor do Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos do Ministério do Turismo, Eduardo Golin, participou do painel sobre o legado da Copa do Mundo e os aprendizados para as Olímpíadas de 2016, que teve a presença de mais de 200 pessoas e contou ainda com representantes de grupos hoteleiros que investem no Brasil.

A SAHIC é reconhecida como o principal fórum de discussões sobre a indústria da hospitalidade e também como um grande encontro para a realização de negócios. Com dois dias de programação, a conferência registrou a participação de 300 delegados de 30 países e em boa parte das discussões o Brasil esteve na pauta.

 

 

Fonte:http://www.turismo.gov.br/turismo/noticias/todas_noticias/20140922_5.html

 

 

post

Embratur atuou no mercado internacional da Abav 2014

A participação da Embratur(Instituto Brasileiro de Turismo) tem como objetivo na 42ª Abav – Feira de Turismo das Américas -, que acontece entre os dias 24 a 28 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo fortalecer as relações institucionais e apresentar as ações para promover o Brasil no mercado internacional.
O Instituto terá um espaço de atendimento dentro do estande de 350 m² do Ministério do Turismo e entre as atividades de destaque da Embratur, estão a participação no espaço MICE (Meetings, Incentive, Congress and Events), e a realização do “Programa Compradores Convidados – Caravana Brasil Internacional”, fruto da parceria entre Embratur e Abav, que consiste em rodadas de negócios com 140 operadores de 11 países, em sua maioria da América do Sul. Os profissionais também farão visitação pela feira.
A ação também tem o apoio dos Comitês Descubra Brasil no continente sulamericano, e dos executivos dos EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) cujo objetivo é proporcionar o relacionamento dos agentes de viagens internacionais com agentes e instituições do turismo local por meio de encontros de negócios.
Segundo o assessor da presidência da Embratur, Wlater Ferreira as atividades do Ministério do Turismo e da Embratur na Abav têm como objetivo apresentar aos profissionais do setor (empresários, gestores, prestadores de serviços, consultores, novos empreendedores, etc.) o cardápio de oportunidades que o Brasil tem para oferecer para aprimorar a nossa atuação no mercado nacional e internacional. “É uma maneira consistente de mostrarmos nossos produtos turísticos e nosso potencial, além de uma oportunidade de debatermos pontos importantes em torno do desenvolvimento do turismo brasileiro”, completou.
O assessor da Embratur participou da cerimônia de abertura da Abav, no dia 23 de setembro, e ainda da 77º reunião do Fornatur (Fórum Nacional de Turismo). No dia 24, primeiro dia de feira, ele deu boas-vindas aos operadores estrangeiros na abertura da rodada de negócios e, à noite, teve um encontro de apresentação da Embratur com esses profissionais. Na oportunidade, os estrangeiros conheceram a gastronomia brasileira.
Na quinta (25), o dia começou com um Seminário em que foi discutido o Modelo de Gestão em Promoção Internacional de ONTs (Organizações Nacionais de Turismo) que foi realizado pelo Ministério do Turismo e Embratur. Além das brasileiras, o evento contou com a presença de três organizações internacionais de turismo: a South African Turism, a Atout France e a Visit Britain.

Fonte: http://www.jornaldeturismo.tur.br/noticias/eventos/60802-embratur-atua-no-mercado-internacional-da-abav-2014

Reviw on bokmaker Number 1 in uk William Hill Bonus by w.artbetting.net
Full Reviw on best bokmaker Ladbrokes Bonus by l.artbetting.net