Skip to Content

More reviews by artbetting.net
BIG Them
category

Categoria: Atividades acadêmicas

Conteúdo sobre as atividades acadêmicas do curso de Turismo da FACHA

post

FACHA fecha parcerias para as Olimpíadas Rio 2016

Os próximos Jogos Olímpicos acontecerão no segundo semestre de 2016, na cidade do Rio de Janeiro; em edição inédita na América do Sul. Contará com mais de 200 países participantes e cerca de 12.500 atletas serão esperados para a competição, que terá o Maracanã como local de abertura e encerramento dos jogos.

Rio 2016

Além de melhorar a infraestrutura, segurança, transporte, despoluição das águas, extensão de linhas do metrô, instalações esportivas e aeroportuárias que ficarão como legado a cidade, este grande evento trará boas oportunidades para os setores de hotelaria e turismo, tais como: diversas funções em hotéis, estágios, guias, intérpretes, postos de informações ao turista etc. Para quem almeja seguir carreira neste ramo, é um momento bastante interessante de se inserir no mercado de trabalho.

Outras vantagens que as Olimpíadas vêem trazendo são os investimentos em educação e esporte. Dentre as principais mudanças estão as reformas nas escolas, principalmente em regiões pobres e a inclusão de um idioma estrangeiro no currículo escolar. No esporte, os alunos de rede pública serão estimulados a prática de diversas modalidades podendo posteriormente ser revelados como novos talentos.

O principal objetivo é fazer com que estes jovens estudantes estejam preparados para as boas vagas que surgirão no mercado de trabalho, aproveitando este período que está super aquecido e concorrido.

No mês de outubro de 2104 houve uma palestra no auditório da FACHA sobre a Tamoyo Internacional, empresa de serviços de viagens, com mais de 25 anos de experiência no mercado de luxo e eventos em larga escala; que tem como lema saudar a oportunidade de apresentar aos visitantes Soluções em Hospitalidade Esportiva; que teve como objetivo explicar o seu funcionamento, promoção de estágios e trabalhos remunerados no período das olimpíadas no Brasil.

Além da Tamoyo, a FACHA também fechou uma parceira com a Olympic Broadcasting Service (OBS), a emissora oficial dos Jogos Olímpicos de 2016. O trabalho é remunerado e todos os estudantes que falam inglês podem participar do processo de seleção. Para mais informações entrem em contato através do site da FACHA.

Rio 2016 Rio 2016 - Tamoyo

Contudo, eventos de tamanha importância e grandiosidade como as Olimpíadas precisam ser assistidos de perto; investimento, planejamento e infraestrutura são ferramentas fundamentais para a realização bem sucedida em uma cidade como o Rio de Janeiro que se conseguir obter bons resultados deixará melhorias que trarão benefícios aos locais e mais estrutura urbana aos turistas que irão visitar o nosso estado, é certo também que receberemos um número maior de visitantes no futuro.

O turismo no Brasil é um setor crescente e tem grande potencial para se tornar um dos maiores destinos turísticos do mundo, é também fundamental para a economia de várias regiões do país. Por isso, os jogos se tornam uma vitrine para o Brasil, a grande chance de mostrar ao mundo que é capaz de sediar eventos mundiais de grande porte.

 

Por Joice Dias, aluna do curso de turismo da FACHA.

post

Viagem Acadêmica: Ilha Grande – RJ | EPT – FACHA

De 13 a 15 de abril de 2012 aconteceu a terceira Viagem Acadêmica organizada pelo EPT (Escritório de Práticas em Turismo). Nesta terceira edição os estudantes de turismo da FACHA foram até Ilha Grande/RJ para viver a experiência de fazer Ecoturismo.

Este projeto colocou os estudantes em contato com os profissionais que trabalham com ecoturismo. Sabe-se que o ecoturismo é um dos segmentos que mais cresce dentro do turismo e tem como característica a preservação do meio ambiente e a conscientização dos participantes quanto aos impactos ambientais que a atividade pode causar.

post

Produtores rurais de Mogi das Cruzes investem no turismo

As pessoas interessadas em turismo rural estão fazendo com que cresça o turismo em Mogi das Cruzes. De acordo com Fábio Barbosa, coordenador de turismo do município, em 2010 apenas uma propriedade participava dos programas da Prefeitura voltados para o setor. Atualmente são 25 propriedades inseridas no turismo rural ou em áreas rurais.
O projeto está tendo repercussão muito boa que chamou a atenção da Universidade de São Paulo (USP). Localizada no bairro do Capixinga, a propriedade do agricultor Ercílio Hoçoya recebeu pesquisadores que participaram do Congresso Internacional de Turismo Rural e Sustentabilidade desenvolvido pela USP. Durante o passeio os visitantes puderam fazer várias paradas pela propriedade e todos receberam diversas explicações sobre o projeto. Entre os visitantes estavam pesquisadores espanhóis, mexicanos, peruanos, uruguaios, argentinos e até australiano. Segundo o produtor Ercílio Hoçoya o projeto dá uma sensação de grande satisfação ensinar um pouquinho do conhecimento para as pessoas aprenderem com o pouco que os agricultores sabem. A família Hoçoya decidiu investir nesse segmento em 2012. Por mês cerca de 30 turistas visitam o local.
Houve até reciclagem das caixas que transportam mercadorias viraram bancos e mesas. Durante a apresentação olhos atentos e muita troca de informações. Para o pesquisador Miguel Algel Murillo Tueta o encontro foi enriquecedor. “A vivência e a cultura das pessoas, esse conjunto faz o turismo. Sem isso não dá para fazer turismo.” Depois os visitantes conheceram a propriedade para ver de perto o que é produzido no local, afinal, é isso que chama a atenção dos turistas. O grupo caminhou entre as plantações de frutas no sítio de 12 hectares. “É uma experiência diferente. A gente descobre uma realidade que só se ouve falar e passa a observar. É um aprendizado novo de pessoas e de processos”, destacou a coordenadora do evento Karina Solha.

O projeto é benéfico, mas segundo a presidente da Associação Brasileira de Turismo Rural, Andreia Roque, não deve ser a única fonte de renda do sítio, pelo menos no começo. “O índice ótimo de turismo rural é que a propriedade renda 50% e o turismo 50%. Isso agrega tanto ganhos financeiros, culturais e sociais.” Para Hoçoya o projeto turístico está valendo a pena. “O turismo está em crescimento e complementa a renda e no futuro pode ser o principal ramo de atividade da propriedade”.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2014/09/produtores-rurais-de-mogi-das-cruzes-investem-no-turismo.html

post

Embratur atuou no mercado internacional da Abav 2014

A participação da Embratur(Instituto Brasileiro de Turismo) tem como objetivo na 42ª Abav – Feira de Turismo das Américas -, que acontece entre os dias 24 a 28 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo fortalecer as relações institucionais e apresentar as ações para promover o Brasil no mercado internacional.
O Instituto terá um espaço de atendimento dentro do estande de 350 m² do Ministério do Turismo e entre as atividades de destaque da Embratur, estão a participação no espaço MICE (Meetings, Incentive, Congress and Events), e a realização do “Programa Compradores Convidados – Caravana Brasil Internacional”, fruto da parceria entre Embratur e Abav, que consiste em rodadas de negócios com 140 operadores de 11 países, em sua maioria da América do Sul. Os profissionais também farão visitação pela feira.
A ação também tem o apoio dos Comitês Descubra Brasil no continente sulamericano, e dos executivos dos EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) cujo objetivo é proporcionar o relacionamento dos agentes de viagens internacionais com agentes e instituições do turismo local por meio de encontros de negócios.
Segundo o assessor da presidência da Embratur, Wlater Ferreira as atividades do Ministério do Turismo e da Embratur na Abav têm como objetivo apresentar aos profissionais do setor (empresários, gestores, prestadores de serviços, consultores, novos empreendedores, etc.) o cardápio de oportunidades que o Brasil tem para oferecer para aprimorar a nossa atuação no mercado nacional e internacional. “É uma maneira consistente de mostrarmos nossos produtos turísticos e nosso potencial, além de uma oportunidade de debatermos pontos importantes em torno do desenvolvimento do turismo brasileiro”, completou.
O assessor da Embratur participou da cerimônia de abertura da Abav, no dia 23 de setembro, e ainda da 77º reunião do Fornatur (Fórum Nacional de Turismo). No dia 24, primeiro dia de feira, ele deu boas-vindas aos operadores estrangeiros na abertura da rodada de negócios e, à noite, teve um encontro de apresentação da Embratur com esses profissionais. Na oportunidade, os estrangeiros conheceram a gastronomia brasileira.
Na quinta (25), o dia começou com um Seminário em que foi discutido o Modelo de Gestão em Promoção Internacional de ONTs (Organizações Nacionais de Turismo) que foi realizado pelo Ministério do Turismo e Embratur. Além das brasileiras, o evento contou com a presença de três organizações internacionais de turismo: a South African Turism, a Atout France e a Visit Britain.

Fonte: http://www.jornaldeturismo.tur.br/noticias/eventos/60802-embratur-atua-no-mercado-internacional-da-abav-2014

post

Museu pernambucano é o melhor da América do Sul, segundo pesquisa

 

À frente de locais mundialmente famosos como o Louvre (França) e o Rijksmuseum Museum (Holanda), o museu brasileiro Ricardo Brennand (PE) foi reconhecido como o melhor da América do Sul e um dos melhores do mundo. Foi eleito pelo Travelers’ Choice Museus, pesquisa do site de viagens Trip Advisor que reúne avaliações de destinos, restaurantes e demais serviços associados ao turismo. Foram destacadas as 25 galerias mais voadas por 270 milhões de usuários. Na pesquisa o museu pernambucano aparece na 167º posição e o Instituto Inhotim (MG), na 23º colocação.

Apesar de ter sido criado há apenas 12 anos, o museu Ricardo Brennand recebe cerca de dois milhões de visitantes por ano. Entre suas exposições permanentes estão ‘’Frans Poste e o Brasil Holandês’’, primeiro pintor da paisagem brasileira, a coleção ‘’Paisagens Brasileiras do Século XIX’’, com telas de artistas como Calixto, Rugendas, Debret, Castagneto e Fachnneti, além da coleção de vidros Janete Costa e Acácio Borsoi e do museu de cera que retrata o julgamento de Nicolau Fouquet, ministro das finanças do Rei Luiz XIX. A exposição temporária ‘’Eliseu Visconti – A Modernidade Antecida’’, um dos artistas pioneiros do impressionismo brasileiro e do design no país estará em cartaz até 2 de novembro.

O Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho (MG), foi aberto ao público em 2006 recebe mais de um milhão de visitantes por ano, dos quais 155 são estrangeiros. O Instituto mistura o Centro de Arte Contemporânea com um Jardim Botânico, distribuídos por uma área do tamanho de mais de 110 campos de futebol. São 22 galerias, das quais 18 são mostras permanentes, além de 22 obras expostas na área externa e mais de quatro mil espécies botânicas.

 

Fonte: http://www.turismo.gov.br/turismo/noticias/todas_noticias/20140917_3.html

Reviw on bokmaker Number 1 in uk William Hill Bonus by w.artbetting.net
Full Reviw on best bokmaker Ladbrokes Bonus by l.artbetting.net